Live

Open Banking Week Global 2021

Mudar nunca é fácil, ainda mais quando a mudança parece repentina e avassaladora. Isso é o que demonstra o século XXI, quando partimos de uma internet que engatinha para o mundo de possibilidades na palma de nossas mãos. Há até mesmo quem diga que o mundo não pertence mais as pessoas de carne e osso, e que a cada passo que a tecnologia dá, nós nos aproximamos cada vez mais da obsolescência.

Teorias da conspiração à parte, a tecnologia realmente está levando algumas profissões ao desuso, mas nem tudo é essa catástrofe que muitos pregam. É por isso que, no artigo de hoje, vamos mostrar o porquê que a tecnologia não substitui e nem nunca substituirá as pessoas. Confira:

 

A tecnologia vai substituir as pessoas?

Ligia Zotini, fundadora do ecossistema digital de educação Voicers, cunhou a famosa frase: “Nós já temos hoje, tecnologia para resolver todos os problemas da humanidade. O que ainda não temos é humanidade”.

Embora para muitos pareça lógico que a tecnologia veio para substituir o ser humano, isso não condiz com a realidade. Nós nos esquecemos de que foi a humanidade quem criou a máquina para servi-la e facilitar a sua vida. É um trabalho mútuo, no qual não vivemos sem a máquina, nem ela sem nós.

É claro que algumas profissões vão deixar de existir com o passar do tempo, e negar isso é tapar o sol com a peneira. No entanto, quais profissões do século passado sobreviveram até hoje? O mundo está em constante transformação e é normal que certas coisas permaneçam no passado.

O que precisamos é nos preparar para as novas demandas do mercado, enquanto a tecnologia vai nos proporcionando mais tempo para nos dedicarmos a nós mesmos e a tarefas emancipadoras. Se nos é possível ligar automaticamente as luzes dos postes ou nos levantarmos da cama sem que alguém tenha que levantar primeiro para nos acordar, não significa que estamos deixando de explorar nossos semelhantes?

Pois no século passado era comum que o acendedor acendesse lâmpada por lâmpada dos postes públicos e o despertador fosse um rapaz nos seus vinte e poucos anos.

 

A tecnologia como aliada

Hoje em dia, a Inteligência Artificial (AI) é capaz de analisar e converter milhões de dados em poucos segundos. Toda informação necessária para uma empresa realizar um bom atendimento é possibilitado pelo uso da tecnologia. Mais que isso: todo o trabalho manual e burocrático de uma agência pode ser realizado por uma máquina. Isso facilita a tomada de decisões, além de otimizar o tempo das pessoas, desviando o seu foco para aquilo que realmente interessa: as relações humanas.

Além do mais, a tecnologia inclui ao invés de excluir. Hoje, já é realidade a implementação de intérpretes de LIBRAS digital, do conteúdo via áudio, da conexão mundial, e de uma série de recursos que abarcam em seu bojo toda a diversidade humana.

Portanto, como diz a futurista citada no início do texto: “Eu posso comprar todas as tecnologias do mundo, mas se eu não for capaz de fazer as perguntas certas para elas e entender como conectá-las, eu não vou transformar nada.”

Gostou do nosso artigo? Entre em nosso site e descubra muito mais!

Inscreva-se em
nossa newsletter!

Aqui você encontra as novidades e as tendências dos mercados de tecnologia e financeiro. Cadastre-se!






Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, desempenho e personalizar o conteúdo do site.
Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade