A todo momento, novas regulações e possibilidades surgem, ainda mais com o impulso do Open Finance; sua empresa está pronta para embarcar nessas novidades?

Os últimos anos viram uma explosão no interesse por termos como “Open Banking“, duplicou desde 2016 no mundo todo, e “Open Finance“. No Brasil, enquanto o termo quase não era pesquisado anos atrás, em 2021 houve um boom de buscas impulsionado, sem dúvida, pela própria revolução no sistema financeiro no Brasil.

Só que essas mudanças não são promovidas sozinhas pelo Banco Central. Pelo contrário: outros órgãos também estão trazendo avanços em busca de maior transparência e agilidade, inclusive para setores mais específicos, como, por exemplo, gestão de fundos. As empresas, então, precisam ser rápidas para não serem deixadas para trás. As novidades vão trazer maior agilidade, eficiência e redução de custos, mas só para os players que souberem navegar nesse novo contexto.

Uma das grandes impulsionadoras desse movimento é a ANBIMA, ou Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais, que em conjunto com outros órgãos reguladores, como por exemplo BACEN, CVM e B3, estão trabalhando em iniciativas para garantir interoperabilidade de serviços e produtos. Esta associação, também é acionista do Galgo, uma empresa que trata da padronização e atua como um hub conectando os players da indústria de fundos.

Fundos de Investimentos

Para gestores, distribuidores e administradores de fundos, atualmente, essas plataformas para troca de informações são essenciais. Afinal, todos os dias, o administrador precisa acessar esses produtos para encontrar informações como o valor das cotas. O problema é que alguns serviços, apesar de oferecerem vantagens, acabam também trazendo custos significativos. Ou então são gratuitos, mas possuem certa defasagem – uma atualização que não é diária. 

Neste contexto, a Sinqia lançou neste ano um Portal de Custódia, onde gestores e administradores podem obter informações através de interface ou APIs. Além disto, para distribuidores, a Sinqia é a empresa que possui o maior número de funcionalidades do Galgo.

A boa notícia é que o Galgo está expandindo seus serviços de maneira incrível nos últimos meses. Já a ótima notícia é que a Sinqia está lado a lado durante esse processo de digitalização e preparada para um mercado que atua com dados abertos.

Novidades do Galgo e ANBIMA

Recentemente, a Galgo disponibilizou um novo serviço de conciliação de extrato para a conta e ordem (PCO), com foco em facilitar o processo para distribuidores e controladores de passivo, com extratos em uma única plataforma. Isso veio na esteira do Sistema de Gestão de Fundos de Investimento (SGF), que permite acompanhar e alterar informações de cada fundo em todas as fases de sua existência, além de consulta de protocolos de registros, alterações realizadas, ou mesmo consultas consolidadas a todas informações.

Pelo lado da ANBIMA, a associação criou uma base de dados sobre carteiras administradas. Desse modo, é possível permitir melhor acompanhamento deste instrumento e a divulgação de dados consolidados para o mercado. Houve uma aprimoração do ANBIMA Data, plataforma de disponibilização de dados para o mercado. Uma das novidades foi o debate sobre a integração do sistema com a CVM, centralizando o envio de dados das instituições financeiras em um único canal e reduzindo os custos de observância.

Além disso, tivemos avanços ainda maiores com APIs, que permitiram a transformação do ANBIMA Feed, serviço digital de acesso à base de dados. Com as interfaces de programação de aplicações, foi possível oferecer todo um novo pacote de dados: o de fundos offshore. A plataforma, agora, traz referências cadastrais e periódicas desses produtos, incluindo as séries históricas de patrimônio líquido, captações, resgates e movimentações das cotas e das taxas.

Se parecemos animados, é porque o futuro é animador. Uma das novidades mais interessantes é a página ANBIMA Developers, destinada a desenvolvedores de software e demais interessados em seus produtos digitais. Não dá para não ficar ansioso para o futuro ao ver o quanto o governo, os órgãos reguladores e autorreguladores estão evoluindo em termos de abrir esses dados para transformar interoperabilidade e, assim, conectar esses players e tecnologias que estão chegando.

O fim do arquivo

O próximo passo de evolução vai afetar diretamente as plataformas de distribuição. Hoje, é possível automatizar arquivos para depois ler o serviço direto do regulador. No futuro, não vão mais existir arquivos. Será possível chamar um API da B3, ANBIMA, e receber relatórios diários, cadastros de fundos. O que hoje é conhecido como “trauma de onboarding” justamente por ser um processo burocrático e cheio de etapas, se torna automatizado. Em grande conexão com os ideais de Open Banking, fazer portabilidade de um distribuidor para o outro, assim que houver consentimento de abertura de dados do consumidor, se torna uma questão fácil e automatizada.

A Sinqia está preparada para esse futuro – que já vislumbra há anos. Tudo conectado, sem arquivos, apenas acesso direto a uma base de dados centralizada. Esse tipo de interoperabilidade vai transformar o mercado. 

O produto SQ Controladoria e Custódia está junto nessa transformação. A Sinqia está transformando o produto em um contexto geral, para aproveitar todas as vantagens de um sistema mais aberto, que permite essa interoperabilidade de se conectar com players, operadores e autorreguladores. 

As vantagens para o consumidor, especialmente para distribuidores, são inúmeras. Para começar, resolver a dor de falta de dados, informação e padrões vai trazer uma enorme eficiência de processos. Aliado a isso, há uma grande redução de custo e, claro, a segurança de processos e remoção dos erros humanos quando se torna possível a automação da busca, importação e uso de dados.  Sua empresa está preparada para aproveitar tudo que a interoperabilidade de serviços e abertura de dados vai trazer? A Sinqia, com a SQ Controladoria e Custódia, tem a melhor solução no mercado. Entre em contato com um de nossos especialistas.

Inscreva-se em
nossa newsletter!

Aqui você encontra as novidades e as tendências dos mercados de tecnologia e financeiro. Cadastre-se!






Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, desempenho e personalizar o conteúdo do site.
Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade