A era das fintechs e bancos digitais traz mais complexidade ao setor. Por isso, é importante ter agilidade e segurança no dia a dia da operação.

Nos últimos anos, a proliferação de fintechs, bancos digitais e corretoras de valores, permitiu que o mercado financeiro pudesse oferecer produtos melhores e mais acessíveis, ao permear uma gama maior de consumidores. Essa dinâmica pode ser potencializada com a agenda de inovação colocada em curso pelo Banco Central do Brasil (Bacen), o que inclui a instituição do PIX para empresas e pessoas físicas, as diferentes fases do Open Banking e do Open Finance, além do Sandbox Regulatório e dos recebíveis de cartões.

Para se ter uma ideia sobre o avanço das novas tecnologias, segundo a plataforma de inovação aberta Distrito, as startups brasileiras receberam US$ 8,01 bilhões até outubro deste ano, montante 120% superior ao ano inteiro de 2020, quando as startups captaram US$ 3,65 bilhões. Do total recebido pelas companhias, a maior parte foi justamente para as fintechs, com US$ 3,2 bilhões nos primeiros nove meses de 2021 – valor próximo à toda movimentação do setor de venture capital no ano passado.

Por isso, ao mesmo tempo em que se torna mais complexo e robusto, o setor também passa a oferecer oportunidades. Neste sentido, os módulos conciliadores, utilizados pelo mercado financeiro para comparar uma ou mais fontes de informações financeiras, podem contribuir na disputa agressiva por clientes com os demais players do mercado.

Leia também:

As revoluções no setor financeiro e as mudanças nos sistemas de conciliação

4 vantagens que um conciliador traz às instituições bancárias

De forma simples e prática, o conciliador funciona como um grande agregador de dados online. Dessa forma, pode ser utilizado para verificar se o fluxo de caixa corresponde à realidade da entrada e saída de recursos, checar eventuais irregularidades, automatizar o pagamento de funcionários e fornecedores e acompanhar demais movimentações por PIX ou transferências bancárias, por exemplo.

Além disso, é possível utilizar softwares de empresas, como a Sinqia, para desenvolver um banco de dados personalizado e economizar tempo em tarefas que antes seriam realizadas, de forma manual, no Excel.

O sistema de conciliação pode se encaixar perfeitamente em diferentes operações, como bancos, adquirentes, meios de pagamentos, fundos de investimentos, de cobrança e de auditoria, bem como por seguradoras ou companhias de logística. Entenda mais sobre as vantagens de contar com um módulo conciliador no seu negócio.

Segurança

Para lidar com dados sigilosos das empresas e de seus clientes, é preciso um sistema criptografado que possa conter a invasão de terceiros. Com ferramentas de cibersegurança, as informações importantes utilizadas no dia a dia das companhias são mantidas em um ambiente seguro, que funciona como proteção contra quaisquer vazamentos.

Economia de recursos

O que antes levaria horas para ser desempenhado por um colaborador, agora pode ser feito com este modelo de instalação e processamento de dados. Isso permite reduzir os riscos de eventuais falhas humanas e otimizar o tempo das equipes responsáveis por manter o funcionamento da operação em dia.

Facilidade para a gestão

Com as informações compiladas, os gestores podem tomar decisões de forma mais ágil, rápida e inteligente. Isso ajuda a evitar eventuais erros, a verificar o comportamento dos clientes de forma mais precisa e entender como melhorar a aplicação de recursos financeiros.

O Módulo Conciliador da Sinqia é um serviço pioneiro no mercado. Com ele, a compilação da interface de dados e demais APIs se torna viável, prática e personalizável para o seu negócio. Saiba mais clicando aqui

Inscreva-se em
nossa newsletter!

Aqui você encontra as novidades e as tendências dos mercados de tecnologia e financeiro. Cadastre-se!






    Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, desempenho e personalizar o conteúdo do site.
    Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade