30/07/2020

Antecipação do registro das chaves de endereçamento acelera busca de soluções para o PIX

Anteriormente previsto para começar somente no dia 3 de novembro, o período de registro das chaves de endereçamento para receber transações por meio do PIX foi antecipado para o dia 5 de outubro. Ao adotar este novo calendário, o Banco Central colocou ainda mais pressão sobre as instituições que querem operar com os pagamentos instantâneos no sentido de que elas acelerem a adequação de suas estruturas em relação ao novo sistema.

As chaves são o método de identificação do recebedor. Após a efetivação do seu registro o pagador não precisará mais solicitar dados como número da instituição, agência e conta para fazer a transferência. Desta forma, quem desejar receber um PIX deverá, a partir de outubro, acessar o aplicativo da instituição em que possui conta e fazer o registro da chave, vinculando seu número de telefone celular, e-mail ou CPF/CNPJ àquela conta específica. Essas informações serão armazenadas em uma plataforma tecnológica desenvolvida e operada pelo BC, chamada Diretório Identificador de Contas Transacionais (DICT), um dos componentes do PIX.

Em comunicado enviado à imprensa, o BC explicou que um dos objetivos da antecipação do registro é mobilizar as instituições e os seus clientes para o lançamento do PIX, induzindo ao entendimento prévio do novo meio de pagamento antes de seu efetivo funcionamento; e estimular a competição pela vinculação das chaves às suas contas entre as instituições que ofertarão o PIX aos seus clientes.

A participação nesse período antecipado de registro de chaves será facultativa às instituições financeiras e de pagamentos participantes do PIX, tendo como pré-requisito a conclusão bem sucedida da etapa de homologação.

Desta forma, o novo cronograma do PIX tem as seguintes datas:

  • Agosto: Divulgação do Regulamento PIX e manuais técnicos
  • 05/outubro: Início do processo de registro de chaves de endereçamento
  • 03/novembro: Início da operação restrita do PIX
  • 16/novembro: Lançamento do PIX para toda a população

Neste contexto, a Sinqia já está se movimentando para oferecer a mais robusta e flexível solução de PSTI para auxiliar bancos, fintechs e outras instituições financeiras a aderirem ao PIX.

Com um sistema desenvolvido com base na nuvem Microsoft Azure, a Sinqia espera que sua homologação pelo Banco Central aconteça nos próximos três meses. Quando isto acontecer, as empresas interessadas em trabalhar com o novo método de pagamento instantâneo terão a oportunidade de fazer a integração no ecossistema do BC, sem a necessidade do desenvolvimento de grandes infraestruturas proprietárias.

O benefício de contar com este tipo de suporte provido por uma marca que conta com a credibilidade de algumas das maiores e mais importantes instituições financeiras do país, certamente é um diferencial que não passa despercebido. Prova disso é que, mesmo ainda em fase de homologação o PSTI da Sinqia já está em fase avançada de negociações com quatro instituições inscritas para começar a oferecer o PIX como forma de pagamento no final do ano.

Ao todo, 980 empresas financeiras e de pagamento entre bancos, cooperativas e fintechs estão cadastradas para a etapa de homologação deste primeiro grupo a trabalhar com o PIX no país. Deste total, entre 250 a 300 corporações se apresentaram como participantes diretos do sistema.

Existem ainda mais, pelo menos, outras 750 empresas que não conseguiram se inscrever nesta primeira fase, mas que certamente farão isso na nova janela de oportunidade que se abrirá a partir de dezembro.

Todos os indícios mostram que estar fora do PIX não é uma alternativa viável.

Eles também revelam que a largada para a corrida já foi dada e uma das formas de alcançar e ultrapassar os outros competidores é por meio do PSTI.

Então, para não ficar para trás, entre em contato com a Sinqia.

Busca

Notícias

Press Release: Sinqia adquire Atena
Agora somos Sinqia!
Em 2019, oferta de debêntures deve bater novos recordes.
Press Release: Sinqia compra ADSPrev
Tecnologia para Previdência é com a Sinqia!
Automação de processos com RPA
Cadastro Positivo: prepare a sua instituição