01/07/2019

A desafiadora tarefa de escolher o melhor parceiro para seus negócios.

No mercado atual, a escolha pelo parceiro ideal em negócios é imprescindível.

A indústria de fundos de investimentos passa por um momento onde as taxas são cada vez menores, demandando eficiência e muita qualidade na entrega. Tal cenário, adicionado ao desafio de estar sempre atualizado e com novas estratégias para gerar cada vez mais valor ao cliente final, impõe cada dia mais uma maior obrigação de assertividade na escolha dos melhores parceiros.

Parceria deve ser sinônimo de total alinhamento, seja no tempo, no caixa ou na satisfação do cliente, com o melhor retorno para ambos. Mas, na relação fornecedor/cliente o maior desafio que encaramos é ter a certeza sobre qual o parceiro certo para o atual momento do nosso negócio.

Olhando para o desafio proposto acima, elencamos 4 pontos importantes a serem levados em consideração na hora da escolha de um bom parceiro para o seu negócio:

1. Conhecimento e expertise
Necessariamente, o parceiro deve conhecer muito bem o que se propõe a entregar, mas não somente isso. O conhecimento sobre o mercado inserido ajuda de forma exponencial no momento de oferecer a melhor solução para seus negócios. Do outro lado, nós como Clientes, devemos ter a mente aberta para dar o espaço necessário ao diálogo e a busca da melhor solução. Quando estamos mergulhados num tema ou problema operacional, normalmente, não conseguimos ver detalhes importantes e que farão diferença na solução final. Nesse momento, com o conhecimento adequado, é que o Parceiro faz total diferença.

 

2. Capacidade Operacional
O Conhecimento é essencial, mas o seu parceiro necessita ter a capacidade operacional compatível com sua necessidade de entrega. Importante lembrar que o seu orçamento deve estar preparado para os custos que serão repassados pelo parceiro. Porém, boas ideias, sem delivery, passam a ser apenas bons sonhos. Boas vendas, sem um bom pós-vendas, passa a ser um pesadelo. Devemos ser incansáveis na análise dos potenciais parceiros, verificando questões não só realizadas a capacidade, mas também sobre sustentabilidade e continuidade de negócios, pois parcerias são desenhadas para serem de longo prazo.

 

3. Posicionamento no mercado
Outro ponto importante a ser observado é como o seu parceiro se posiciona no mercado, ou seja, se os valores são compatíveis com aquilo que você entende ser o viável para um relacionamento de longo prazo. Um parceiro pode ajudar e muito um cliente a alavancar seus negócios, mas também pode ser um fardo sensível na ponta contrária do sucesso. Empresas com valores e visões compatíveis possuem uma probabilidade muito maior de sucesso, quando comparadas às empresas com visão e valores distantes ou até antagônicos.

 

4.Parceria de fato e não somente no papel
Mesmo que todos os componentes que mencionamos acima sejam do maior nível possível, se ambos não tiverem uma cabeça de construção, empatia nos momentos de pensar nos desafios de curto, médio e longo prazo, um planejamento cuidadoso sobre passos futuros e muita cabeça aberta para realmente fazer a diferença, as parcerias estarão sempre fadadas ao insucesso. Uma parceria é construída no dia-a-dia, com muito diálogo, governança e gestão dos pontos de conflitos. Soluções conjuntas são sempre o melhor caminho, pois várias cabeças agregam mais valor do que somente algumas.

 

Como grandes riscos, mencionamos que decisões unilaterais podem minar as parcerias e trazer um grande e decisivo desgaste financeiro e intelectual. Busque incessantemente por um parceiro que seja uma alavanca de bons resultados e não somente um “mal necessário”.

Para esse papel, conte com a Sinqia: a provedora da experiência mais desejada em tecnologia para o mercado financeiro no Brasil.

 

Busca

Notícias

Press Release: Sinqia adquire Atena
Agora somos Sinqia!
Em 2019, oferta de debêntures deve bater novos recordes.
Press Release: Sinqia compra ADSPrev
Tecnologia para Previdência é com a Sinqia!
Automação de processos com RPA
Cadastro Positivo: prepare a sua instituição