19/02/2021

Parcerias com startups trazem novas tecnologias e soluções para a previdência privada

Sinqia oferece inovação, maior usabilidade e soluções para melhorar a experiência dos clientes  para o mercado da previdência privada no Brasil; entenda

 

Como unir algo tão tradicional quanto previdências ao mercado mais inovador e moderno das startups? Quais as vantagens em ter parcerias entre esses dois universos? 

Enquanto o fenômeno de fintech no Brasil é relativamente novo, crescente e repleto de novos modelos de negócios, o mercado de previdências privadas é considerado tradicional e, por muitas vezes,  visto por engessado pelos consumidores. Mas, a tendência é que esse panorama mude: por meio da união da agilidade e inovação das fintechs, com o tradicional e vasto caminho que a previdência privada tem percorrido no país. 

E foi justamente essa estratégia de Inovação Aberta que a Sinqia colocou no mercado. A plataforma da Sinqia Previdência traz o melhor dos dois mundos – tradição e inovação – para proporcionar melhorias, trazer experiência do usuário e inovações que facilitem a vida do cliente.

Seguindo essa linha, a Sinqia vem firmando  parcerias com Startups como a IBotz e Robobanker para introduzir soluções de automatização, robo-advisor, além de reconhecimento facial, acesso biométrico, onboarding e cadastros digitais. A experiência do usuário se torna, então, um dos critérios principais para a criação e desenvolvimento dos softwares usados para o mercado de previdência privada.

Não à toa, o diferencial da Sinqia ao promover parcerias com fintechs no Brasil foi pautado em cima de quatro pilares: tecnologia, segurança, escalabilidade e agilidade. Cada um deles traz vantagens diferentes que podem nos ajudar no mercado previdenciário.

Para o pilar de tecnologia, as parcerias com fintechs trazem conceitos como API first, Open Finance, um cuidado com a LGPD e onboarding digital. Tudo isso acelera o desenvolvimento de produtos com soluções abertas, integrações simples, hospedagem na nuvem e também segurança.

A empresa soma a essas inovações sua experiência de mais de 20 anos no mercado financeiro, com capacidade transacional regulatória integrada ao Core, 100% aderente ao KYS. Ao mesmo tempo, temos o go to market mais rápido do mercado, com metodologia própria de desenvolvimento e atendimento. Assim, nos apoiamos no nosso pilar de agilidade.

Por fim, a escalabilidade também é um fator essencial para os produtos e serviços. Isso porque com as fintechs, aumentamos nossa  abrangência funcional oferecendo uma  multiplataforma para soluções previdenciárias. 

 

Fintech e previdência privada

A entrada das fintechs (termo em inglês que vem de financial technology) no mercado da previdência privada chega depois que esse setor já se integrou a outras áreas de banking e seguros. Isso representa uma vantagem, pois já sabemos os serviços e benefícios que tecnologias como analytics e análise de dados avançada podem trazer.

Agora, com as parcerias da Sinqia, é possível utilizar tecnologias de personalização e integrações que levam o seu negócio para o futuro também no setor previdenciário. É essencial investir nessas tecnologias para que os sistemas de previdências privadas permaneçam relevantes, atualizados e interessantes. Especialmente depois da pandemia e das mudanças causadas por ela.

 

Fintechs no Brasil e previdência privada com a pandemia

Por conta da pandemia de coronavírus, os efeitos da crise econômica nacional se aprofundaram. Junto à alta taxa de desemprego, vimos uma compreensível retração nos negócios relacionados à previdência privada. 

Segundo dados da ANBIMA, entidade que representa o mercado de capitais e de investimentos, em 2019 os fundos que reúnem os recursos deste setor haviam captado R$ 30,7 bilhões entre janeiro e outubro. Já em 2020, no mesmo período, estas organizações acumularam apenas R$ 20,6 bilhões.

Apesar disso, a previsão é de uma recuperação no setor, com o público mais preocupado em ter segurança no futuro e nosso objetivo é oferecer níveis melhores de serviços e suporte para não só manter clientes antigos, mas também atrair novos consumidores. 

Com as soluções e serviços (BPO) Sinqia de gestão e controle dos portfólios de investimento, automação dos processos operacionais, atendimento das áreas previdenciária, assistencial, financeira e controladoria, além de uma solução completa para autogestão de saúde, há um preparo para receber esses novos clientes trazidos pela recuperação econômica. 

 

Previdência e Open Banking

No início deste mês o Banco Central deu o pontapé inicial no Open Banking, sistema que transformará o setor financeiro com mais agilidade, transparência e facilidade na jornada do cliente. Nessa linha, grandes players do mercado já se movimentam em prol da inovação e eficiência – afinal, todos perceberam a importância de investir em soluções tecnológicas para tornar a jornada do cliente impecável.

E a mudança que impactará o setor está apenas no começo: seguindo o cronograma proposto pelo Banco Central, até o final de 2021, a quarta e última fase do open banking deve ser implementada, ampliando o conceito atual para um sistema financeiro como todo aberto e integrado – o Open Finance.

Isso porque, na última fase, dados e transações relacionadas a investimentos, consórcios, seguros, câmbio e, também, previdência, passarão a ser compartilhados. E, claro, quem ganha nesse processo todo é o consumidor, que terá acesso a um segmento cada vez mais integrado, transparente, democrático e inovador. 

Quer saber mais sobre o tema? Clique aqui e fale agora com um especialista.

Busca

Notícias

Press Release: Sinqia adquire Atena
Agora somos Sinqia!
Em 2019, oferta de debêntures deve bater novos recordes.
Press Release: Sinqia compra ADSPrev
Tecnologia para Previdência é com a Sinqia!
Automação de processos com RPA
Cadastro Positivo: prepare a sua instituição